Rss Feed

Mensagem de sonho

Num fim-de-semana de Abril, fui com a minha família toda para a Madeira (não foi a família toda, mas a mais chegada: pais, tios e avós). Ao todo, éramos nove. Passámos três dias na Madeira – Sábado, Domingo e segunda-feira. No Sábado, já estava a ser aborrecido. Eu já sabia que aquilo ia acontecer, mas não me davam ouvidos. Ir com oito pessoas para uma ilha pequena, ficar no mesmo hotel e conviver constantemente com muitos membros da família, nunca podia ser tarefa fácil. Apesar de já esperar o aborrecimento, nunca pensei que fosse tão mau. No primeiro dia, quando tínhamos acabado de chegar, já me apetecia apanhar o primeiro avião e voltar para o continente. Eu só queria descansar, porque estava nas minhas férias da Páscoa, mas ia ser difícil.
Enquanto estávamos a caminhar pelas ruas do Funchal, ainda no Sábado à tarde, vi que estavam frases escritas e desenhos feitos num muro. Aproximei-me, curiosa. Havia mensagens e desenhos. Comecei a ler as mensagens, à procura de frases interessantes. Eu já estava tão cansada de estar ali, que não tinha nada com que me entreter. Depois de ter lido uma mensagem no muro, e ter caminhado até à próxima, voltei para trás para a ler melhor. Dizia: «IT ONLY HAPPENDS IF YOU DREAM IT FIRST», em inglês, o que significa «AS COISAS SÓ ACONTECEM SE AS SONHARMOS PRIMEIRO», em português. Ao princípio fiquei confusa, mas depois sorri. Continuei a andar, ultrapassando a má disposição e pensando na mensagem que acabara de ler. Lembro-me como se fosse hoje. Foi algo que me fez sentir melhor, apesar de todo karma negativo que me rodeava.
Não sei porquê mas, na altura, não pensei muito no significado daquela frase. Achei-a curiosa e sorri, sentindo-me mais feliz. Só depois é que comecei a pensar. Pode ser verdade mas, por vezes, há coisas que nos acontecem sem aviso, quando menos esperamos. Como esta mensagem, por exemplo. E ainda há vezes que sonhamos, mas os sonhos não se tornam realidade.
Apesar de tudo, aquilo fez-me sentir melhor, e pensar em todas aquelas coisas, e esquecer o espírito indesejável que me abrangia, e talvez levar-me para outro mundo, que não era, decididamente, aquele. Muitas vezes, esse outro mundo é o mundo dos sonhos, onde todas essas coisas se realizam: os sonhos tornam-se realidade, e as coisas que queremos que aconteçam, acontecem. Aqueles três dias foram suficientes para me fazer sentir essa mensagem, e para me fazer mudar de ideias sobre o outro mundo que não devemos esquecer…

1 comentários:

Ccita disse...

Eu às vezes ponho-me a pensar o k leva a minha prima a ir a estas viagens ou outros convívios idênticos! Mas será q n sabes como vai ser? Certamente n tens na ideia q estas coisas podem ser diferentes! Nem mesmo sonhando... Lol. Por isso é q temos mais família (graças a Deus). Qd fôr assim, pedes p ficar aqui c a priminha... Se n parece k tens 1 karma mto mau... tadinha!